Como saber se as imagens da sua loja virtual agradam os clientes?

Quem tem loja virtual sabe que seu principal agente de vendas são as imagens. Por melhor que seja sua pauta de produtos, fica difícil convencer o cliente a comprar qualquer coisa sem que ele tenha uma ideia precisa do que você está querendo vender.

Levando em conta o fato de que o produto não está à mão, é preciso diminuir ao máximo a insegurança que muita gente sente ao fazer uma compra via e-commerce.

Por isso, as imagens da loja virtual precisam solucionar todas as dúvidas que o cliente possa ter, compensando de modo eficiente a ausência da experiência tátil comum ao comércio tradicional e influenciando de modo positivo na decisão de compra do consumidor.

É possível que as fotos do seu site já estejam boas o suficiente. Mas, como ter certeza? Para saber se elas estão realmente agradando aos clientes, comece fazendo-se as seguintes perguntas:

As imagens estão nítidas?

Hoje em dia, mesmo um smartphone consegue tirar fotos com excelente resolução. Assim, não há desculpa para postar imagens da loja virtual com baixa definição.

A primeira coisa a observar é o tamanho do arquivo. Suas fotos devem ter pelo menos 2000 pixels de resolução. Lembre-se de que o cliente precisa avaliar o produto em seus mínimos detalhes. Com a resolução adequada, você pode aplicar a função zoom em seu site, permitindo que o usuário tenha uma melhor experiência de compra.

Há imagens o suficiente do produto?

Nada mais irritante do que acessar algum item numa loja virtual e encontrar uma única imagem de exibição. A resposta mais comum a esse tipo de situação é a busca por outro site.

Portanto, não economize nas imagens. Procure fotografar seu produto de todos os ângulos possíveis. Acrescente fotos que realcem detalhes. Imagine seu cliente manuseando o produto e observando minuciosamente suas características.

As imagens se harmonizam entre si?

Apresentar fotos destoantes de uma mesma linha de produtos transforma sua loja virtual numa verdadeira algazarra. Misturar imagens de fundo branco com outras de fundo colorido não cai bem. O melhor é padronizar: se sua preferência recai sobre o fundo branco, procure usá-lo em todos os itens.

Também é interessante usar um mesmo enquadramento: evite que um produto pareça maior do que o outro, desalinhado em relação ao seu vizinho etc. Use um mesmo ponto de vista para todas as imagens.

Como medir os resultados?

Uma vez feito o diagnóstico, falta descobrir o efeito que eventuais mudanças terão na sua taxa de conversão. Nesse caso, é preciso realizar um processo de experimentação, mais ou menos no estilo “tentativa e erro”.

Não tem muito segredo: suponha que você detectou que seu catálogo está um tanto “carnavalesco”, uma mistura destoante de imagens. Experimente padronizá-las, aplicando o mesmo background em todas elas (um fundo branco, por exemplo). Feito isso, verifique se houve alteração sensível na taxa de conversão.

Evite, porém, aplicar uma série de mudanças de uma vez só. Em vez disso, faça mudanças graduais, avaliando sempre o impacto de cada alteração no desempenho de sua loja virtual.

Trata-se de um processo um tanto laborioso. Porém, se ao final dele você constatar aumento nas vendas, terá valido a pena melhorar as imagens da loja virtual, não é verdade?

Assim, mãos à obra. E não esqueça de nos acompanhar em nossa página no Facebook, no Twitter e também no Instagram para receber outras dicas como essas!

Comentar

Seu e-mail não será divulgado.